OPINIÃO: A incrível figura do roqueiro chato.

Você provavelmente conhece – se não é – alguém que acha que sabe tudo de rock. É inevitável: sempre que se junta um determinado grupo de pessoas que curtem o gênero, ao menos uma figura vai bater no peito e dizer que alguma banda não é rock, ou que determinada música não parece com rock. Vai ter sempre um rotulando o gênero (originado de uma mistureba sem fim) como “rock” e “não rock”. Pior ainda se for metal.

Essa é a trágica figura do roqueiro (ou metaleiro) chato. Ele sabe de tudo, os demais não sabem de nada. Ele esbraveja para todo mundo ouvir que aquela música do Legião Urbana não é rock ou que Coldplay é música eletrônica. Ele vai dizer que Charlie Brown Jr não é rock também, nem Capital Inicial, nem uma infinidade de bandas brasileiras. Para o roqueiro chato, o rock é só aquilo que ele diz que é rock e o resto é coisa de “poser”. Faz tanto isso que não percebe que ele acaba sendo o “poser”, e “hater” também, pra piorar.
O roqueiro chato, não bastasse, tem horror aos demais gêneros musicais. Se não é rock, é ruim. Cria-se na cabeça dessa figura uma falsa ideia de superioridade. Afinal, o rock tem sim grandes músicos, extremamente técnicos (e outros nem um pouco), mas para a criaturinha, não se sabe bem o porque, eles só são assim porque tocam rock. Os demais gêneros musicais e até algumas vertentes do próprio rock são motivo de piada para esse pessoal.
O que essa figura de cabeça fechada não sabe é que essa postura dela, além de partir de uma premissa equivocada (já que o rock está em constante mudança), é justamente o que impede o gênero de crescer popular e comercialmente hoje. É esse fundamentalismo injustificado, essa inobservância a todas as transformações que o nosso querido rock n’ roll já sofreu que faz com que essa pessoa seja incapaz de consumir material novo. É isso que impede que novas bandas lancem sucessos pelo mundo e façam mega turnês como as que existiam até os anos 90.
Em outras palavras: o roqueiro chato é aquele que, fechado dentro de sua bolha, está destruindo o rock aos pouquinhos. Bobo, ele pensa exatamente o contrário.

Por: F.S.

Baú do Rock

About the Author: baudorock

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *