CAMARÃO QUE MATA COM ATAQUE SONORO É BATIZADO DE PINK FLOYD

CAMARÃO QUE MATA COM ATAQUE SONORO É BATIZADO DE PINK FLOYD

Ser uma mega-cientista e fã de rock, ao mesmo tempo, é natural. Afinal é fato comprovado que roqueiros tem Q.I. (e gosto musical) acima da média. Alguns desses gênios que curtem som pesado acabam de descobrir uma nova espécie de camarão marinho, que foi batizada de ‘Synalpheus pinkfloydi’ em homenagem ao Pink Floyd. O mais fantástico é que a garra, usada para gerar um efeito sonoro mortal, é da cor pink e ela “floyd” com a vida de pequenos peixes, que servem de alimento para o progressivo crustáceo! (o prêmio trocadalho do carilho 2017 vai para o Baú do Rock).

‘Synalpheus pinkfloydi’ Foto: Arthur Anker / BBCBrasil.com

TEM BRASILEIRO NA PARADA, LÓGICO!

A equipe por trás da descoberta estavam torcendo por uma oportunidade para celebrar a banda inglesa caso identificassem uma nova espécie de camarão rosa – “pink” é a palavra em inglês usada para designar essa cor. A nova espécie, com uma garra rosa, foi descrita no periódico Zootaxa por cientistas da Universidade Oxford, no Reino Unido, da Universidade Federal de Goiás, no Brasil, e da Universidade Seattle, nos Estados Unidos.

Sammy De Grave, chefe de pesquisa do Museu de História Natural de Oxford, disse gostar de Pink Floyd desde a adolescência. “Ouço desde que (o álbum) The Wall foi lançado em 1979, quando eu tinha 14 anos”, afirmou.

Cientistas de Oxford divulgaram capas de disco fictícias do Pink Floyd ‘inspiradas’ na descoberta de camarão; essa seria uma capa para o ‘The Wall’ Foto: Kate Pocklington / BBCBrasil.com

Quer saber o que eu estava ouvindo enquanto escrevia essa matéria? Aperte o PLAY:

About the Author: baudorock