Treta no Sepultura: Irmãos Cavalera proíbem o uso de músicas no filme/documentário da banda

Os ex-integrantes Max e Iggor Cavalera proibiram o uso de “Roots Blood Roots”e “Attitude” no filme que conta a história da banda.

O filme/documentário “Sepultura Enduramce” em comemoração aos 30 anos do principal representante do Metal nacional, a banda Sepultura, está praticamente pronto e terá sua estreia no Brasil no dia 14 de junho.

Após um longo período de sete anos filmando, captando relatos, histórias e editando o material, agora na reta final a produção do filme sofreu com um grande balde de água fria: Os ex-integrantes e fundadores da banda, Max e Iggor Cavalera vetaram o uso de suas músicas.

Não é nem a utilização de material antigo sendo usado no filme, é a formação atual tocando essas músicas. Mesmo assim, nós não estamos podendo utilizar de maneira que gostaríamos. Mesmo com a banda atual, são pequenos trechos no filme” – lamentou o diretor do filme, Otávio Juliano, que se sentiu censurado pela atitude dos irmãos Cavalera.

Otávio defende a inclusão das faixas, alegando que os músicos Andreas Kisser e Paulo Xisto que fazem parte da formação atual são co-autores das canções vetadas “Roots Blood Roots”e “Attitude”, onde apenas 50% dos direitos sobre esses fonogramas cabem aos irmãos Cavalera.

Gostaria muito que eles mudassem de opinião, justamente porque eles nem assistiram ainda o filme. Não teve outra coisa além da exaltação de tudo que eles conquistaram desde o começo da banda em Belo Horizonte” – ressaltou o diretor na esperança de que após assistir, talvez Max e Iggor vejam com mais carinho a obra que homenageia algo que eles construíram.

Como uma forma de protestar contra esta atitude, durante a estreia em Los Angeles no último domingo dia 21, retiraram todo o volume nos momentos das músicas censuradas e explicaram pra plateia enquanto passavam imagens da banda tocando com o áudio mutado.

Hoje Max e Iggor estão juntos no grupo Cavalera Conspiracy onde, além do material inédito autoral, também tocam em seus shows algumas músicas que fizeram parte do antigo repertório do Sepultura, entre elas o hit que censuraram no filme: Roots Blood Roots. Confira no vídeo abaixo:

Baú do Rock

About the Author: Tomaz Sussekind

Tomaz Sussekind
%d blogueiros gostam disto: