FOO FIGHTERS FOI TOCAR NO ASILO DE VELHINHOS

BEM-VINDOS AO CLIPE MAIS LOUCO DOS ÚLTIMOS TEMPOS

Veja o novo vídeo surpresa, lançado há pouco pelo Foo Fighters! Duvido que você vai conseguir segurar o palavrão! PQP! O som alterna momentos de melodia e pancadaria, em doses que consagraram a bandaça de Dave Grohl, que também é o diretor clipe.

Que o Foo Fighters é uma banda conhecida por fazer videoclipes criativos não é nenhuma novidade. Aliás, isso virou uma característica de Dave Grohl e sua turma quando parodiaram comercial de TV em “Big Me”, viraram personagens de filme B de terror em “Everlong” e tripulação de avião em “Learning to Fly”. Agora os nossos cômicos “atores” do Foo Fighters resolveram interpretar eles mesmos, porém em um futuro distante como roqueiros bem velhinhos…

A banda de velhinhos aparece provocando uma verdadeira revolução no asilo! NÃO DEIXE DE VER! Eles estão a todo vapor, iniciando a turnê européia, que terá uma média de cinco shows por semana, mas ainda tem tempo pra bombar na web. O clipe está entre os trend topings do Twitter e do Youtube, inclusive no Brasil.

Foo Fighters, é uma banda de rock dos Estados Unidos formada pelos ex-Nirvana Dave Grohl e Pat Smear em 1994, além de Nate Mendel (baixo), Taylor Hawkins (bateria) e Chris Shiflett (guitarra). Seu nome é uma referência ao termo “foo fighter”, usado por aviadores na Segunda Guerra Mundial para descrever fenômenos aéreos misteriosos, considerados OVNIs.

Após a morte de Kurt Cobain em Abril de 1994, Grohl considerou abandonar a música, mas consequentemente resolveu gravar como “experiência catártica” suas composições. Em Outubro do mesmo ano, Grohl entrou no Robert Lang’s Studio em Seattle com o amigo e produtor musical Barrett Jones. No espaço de uma semana, Grohl gravou as faixas cantando e tocando todos os instrumentos, com exceção de uma guitarra em “X-Static” por Greg Dulli do grupo americano Afghan Whigs. Para manter o anonimato, Grohl escolheu o nome “Foo Fighters” para criar a ilusão de que era uma banda em vez de “aquele cara do Nirvana”.

Grohl passou fitas das gravações para amigos, e atraiu a atenção de gravadoras. Um contrato foi assinado com a Capitol Records por Grohl conhecer o presidente Gary Gersh desde que ele era da gravadora do Nirvana. A fita se tornou o primeiro álbum do Foo Fighters, também intitulado Foo Fighters.

About the Author: baudorock