Marca de guitarras, Gibson, luta contra a falência

Endividada, a fabricante de guitarras preferida por vários músicos do Rock corre risco de falir.

A Gibson, uma das mais tradicionais e desejadas marcas de guitarras do mundo, usada e enaltecida por vários ícones de toda a história do Rock, está correndo sérios riscos de fechar as portas de vez. Infelizmente, o desinteresse da nova geração em relação ao Rock, somado as crises financeiras, tem refletido na indústria de guitarras, causando fortes problemas financeiros onde as fabricantes estão ficando endividadas. Para fugir da falência, a Gibson Guitars precisa quitar em até 6 meses uma dívida no valor de US$ 375 milhões.

Outras fábricas de guitarras também estão passando períodos complicados nos últimos anos. É o caso da Fender, a principal concorrente da Gibson, que chegou a desistir de vender suas ações no mercado de valores em 2012. Aqui no Brasil, houve uma queda de 78% na comparação entre os números de importações de instrumentos musicais de 2012 com os de 2017.

A Gibson fez história por ser a guitarra preferida de milhares de guitarristas. Podemos afirmar que a história do Rock foi escrita com Gibson e Fender. Entre as suas criações, uma das mais queridas e desejadas é a Guitarra Gibson Les Paul, muito usada por Slash, Gary Moore e outros guitarristas.

Quem usa a Gibson Les Paul:

        Slash

 

Jimmy Page, Led Zeppelin

Paul McCartney

 

Gary Moore

Outra Gibson que fez muito sucesso é a SG, conhecida por seus “chifrinhos”

Angus Young e sua Gibson SG

 

Tony Iommi, do Black Sabbath

Baú do Rock

About the Author: Tomaz Sussekind