Woodstock 50 anos: CANCELADO

Woodstock cancelado
Woodstock 50 Anos!

Woodstock ficou conhecido como o mais famoso de todos os festivais da história, a ser realizado na cidade homônima no estado de Nova York em 1969, Seu criador? Um louco chamado Mike Lang, um visionário que sonhou em fazer um concerto de 3 dias para celebrar a era de aquário: 3 dias de paz e música. Mas acontece que a cidade próxima a Woodstock negou a Lang o direito de fazer o festival, pois eles não atenderiam às demandas para…. banheiros portáteis. Eles conseguiram então uma área em Bethel, ainda am Nova York, 100 km ao sul de Woodstock. Como todos sabemos, o festival foi um sucesso, com mais de 400 mil pessoas, muita chuva e diversão e, embora em Bethel, o nome ficou mantido como Woodstock.

Woodstock fica a 170 Km de Nova York (na caixa, a distância entre Woodstock e Bethel)

Pois bem… estava programado, para os mesmos 16, 17 e 18 de Agosto um novo festival para comemorar os 50 anos do evento. Em abril, a Dentsu Aegis Network, empresa de marketing que estava financiando o festival pulou fora, alegando que “apesar do enorme investimento de tempo, esforço e comprometimento, nós não acreditamos que a produção desse festival possa ser executada com a grandisosidade que o nome Woodstock merece e garantindo total segurança e conforto aos participantes, parceiros e músicos presentes”. Feito isso, cancelou unilateralmente o contrato e cortou o financiamento a Woodstock 50 anos.

Mike Lang
O organizador de Woodstock original, Michael Lang

De lá para cá, uma avalanche de acontecimentos se amontoaram sobre Lang: Woodstock estava inicialmente planejado para ser em Watkins Glen (NY), mas a cidade desistiu, bem como Vernon (NY). Lang ainda partiu para uma última tentativa de levar Woodstock para o Merriweather Post Pavilion na cidade de Columbia (Maryland), mas também não deu certo. Como desgraça pouca é bobagem, a maioria dos produtores do evento deixaram Lang com o penico na mão; até falhas no contrato foram usadas como explicação. Inferno astral.

Woodstock, 1969

Com isso tudo, hoje, dia 31 de Julho, Lang anunciou oficialmente a morte do moribundo festival Woodstock 50 anos, dizendo-se “extremamente triste, mas uma série de acontecimentos tornou impossível a realização do festival que nós havíamos imaginado, com um excelente line up”.

Lineup esse que traria nomes importantes como The Killers, The Lumineers, The Racounters, Robert Plant,  Greta Van Fleet (queria ver os dois tocando na mesma hora em palcos diferentes), The head e the heart, Portugal – the man, Rival Sons, Imagine Dragons, Cage the Elephant, Young and the Giant e Judan and the Lion. Além desses, ainda haveria uma bela mistura entre bandas que se apresentaram no Woodstock original em 1969 e artistas mais novos, como Miley Cyrus, Santana, Maggie Rogers, John Sebastian, Chance The Rapper, Sturgill Simpson, Leon Bridges, Dawes, Margo Price, Country Joe and the fish, Halsey, Brandi Carlile, Janelle Monae, Common, Vince Staples, Canned heat e outros que ainda seriam anunciados.

Flyer com o lineup original para Woodstock 50, ainda mostrando Watkin Glen

Como se vê, a desorganização não é uma exclusividade de produtores tupiniquins, mas acho que se Lang tivesse conversado direitinho, a gente daria um jeito de fazer tipo um Woodstock in Sampa… Já pensou?????

Baú do Rock

About the Author: Luiz Totti

Avatar