Rock in Heaven – Edição #50 – 2019

Com edições desde a década de 70, o lineup (*) do Rock in Heaven continua aumentando, infelizmente

O princípio do Rock in Heaven

Ninguém sabe ao certo quando começou, nem quem foi o idealizador, embora se saiba que o Deus do rock foi e é responsável pela contratação dos artistas e montagem dos lineups. O primeiro festival de que se tem registro ocorreu no final de 1971, com três grandes nomes que iniciaram a trágica maldição dos 27 anos: Janis Joplin, Jimmy Hendrix e Jim Morrison. Naquele ano o festival foi chamado de “Triple J”, por ser a inicial dos nomes dos 3 e pelo “J” ser a letra da bondade, além de, na numerologia, ter valor 1, ou seja, os primeiros.

The Triple “J” – Janis, Jimmy e Jim – Foto histórica

As décadas de 70 e 80 trouxeram ao festival ícones maravilhosos e, no ano de 1989, além dos 3 membros fundadores, o Rock in Heaven trazia um lineup de respeito, com Sister Rosetta e Elvis Presley, considerados por muitos o Pai e a mãe do rock, Ronnie Van Zant, Bon Scott, Randy Rhoads e Cliff Burton, o primeiro do trash metal a participar do festival. Mas o grande destaque do Rock in Heaven 20 não falava inglês e se lixava para o sistema. Ele, na verdade, implementou o Festival alernativo e alegava que já tinha mais de 10 mil anos. A arena céu estremeceu com o maluco beleza Raul Seixas, o primeiro brazuca a aparecer no festival, além de ter feito uma baita parceria com Elvis!

Rock in Heaven – Edicão # 50

Corta para 2019… há alguns dias os roadies estão montando os palcos, os camarins e preparando a iluminação e o som, afinal, teremos a quinquagésima edição do Rock in Heaven esse ano. Há muito nervosismo e nem mesmo a passagem de som pode falhar. O palco principal fica ao pé de uma montanha que funciona como uma concha acústica. Os donos do espetáculo começaram a se preparar cedo, há um certo nervosismo, o convidado especial desse ano é, verdadeiramente, especial. O “Triple J” faz as honras da casa enquanto Sister Roseta distribui autógrafos a todos que dela se acercam, sorriso aberto e olhos brilhantes, ela que apresentará o festival, além de dar uma palhinha de sua mágica guitarra em cada apresentação.

Flyer da Edição #50 do Rock in Heaven – O baú não vai cobrir, mas vai receber informações privilegiadas diretamente da fonte com nossa linhe vermelha

Malcolm ainda parece estar um pouco perdido, mas conta com Bon Scott para ajudá-lo e para relembrarem os bons tempos de AC/DC enquanto se divertem ouvindo as boas histórias de Frank Zappa e Ronnie Van Zant, eles que subirão ao palco junto com Stevie Ray Vaughan, Dimebag Darrell e Cliff Burton, num divertido desafio, com os músicos se alinhando no time Metallica versus o time Pantera (a seleção será feita pelo público no dia do show). Mas antes deles arrebentarem com as ondas sonoras celestiais, um pouco daquela mistura pop e rock com alguns dos maiores gênios que transformaram a música: Michael Jackson e Prince, numa disputa acirrada pela melhor performance, chamando Michael Hutchence para uma participação especial com aquele sotaque australiano inimitável.

Não muito longe, uma molecada se reunirá para fazer um som, já no aquecimento para aquele que será um dos momentos mais esperados do festival. Juntos, Kurt Cobain, Joey Ramone️, Chris Cornell, Chester Bennington e Scott Weiland, felizes como sempre queriam ter sido mas a vida não deixou,  prestarão sua admiração a Lemmy Kilmister, Randy Rhoads e, obviamente, Ronnie James Dio… o show terá tudo para ser explosivo com o grunge, o clássico e o Rei do metal todos juntos, misturados e devastadores!

Brasil, Clássico e o toque feminino

O Palco Brasil é o mais colorido e a previsão é que os Mamonas Assassinas façam a abertura para o Legião Vermelho Júnior, banda formada com a participação de Renato Russo, Cazuza e Chorão, que prometem mostrar para os gringos o que é o rock brazuca para valer. A organização tratou de montar a agenda de tal forma que todos os shows terminem mais cedo nesse dia, para que dê tempo de todos cheguem a tempo para ver o dueto mais esperado da história: Raul Seixas e Elvis Presley, dois reis de reinos distantes, tão diferentes mas, no fundo, tão iguais nos sonhos e desejos de ver o rock brilhar.

O Maluco beleza e o Belezura maluca virão com tudo para um dos pontos altos do festival

Outro momento muito esperado do Rock in Heaven é o do encontro entre os grandes clássicos atemporais, que prometem trazer ao palco os momentos mais importantes da história do rock: George Harrison, Joe Cocker, James Brown, Tom Petty e Sid Barret prometem uma mistura que promete fazer os anjos e demônios dançarem abraçados, cada um alimentado pelo seu ego, oops, artista preferido. Um pouco antes, o show da mulherada: Amy Winehouse trará aquela voz inigualável para acompanhar Cássia Eller, Aretha Franklin e Dolores O’Riordan.

O ponto alto do festival

Dentre todos os artistas convocados para esse lineup, o mais querido, desejado e esperado é o inigualável Freddie Mercury com sua voz de umas 15 oitavas, mais ou menos, que fará um show sensacional, contando com o incrível carisma de David Bowie. Todos esperam ansiosamente o momento de ver Freddie e David cantando juntos, num mesmo palco, sem pressão nenhuma, Under Pressure, além de desafiar todas as lógicas celestiais de alcances de voz. Vai fazer chover aqui na Terra.

Após o encerramento do show de Freddie e David Bowie, o Rock in Heaven 50 trará o convidado de honra, trazido para o lineup de última hora e de forma inesperada nesse ano de 2019. Seu show não estava programado, mas havia a necessidade de um talento diferenciado para comemorar o quinquagésimo Rock in Heaven, um músico que, com seu talento, chegasse a fazer os anjos chorarem. E não havia, no mundo inteiro, ninguém com um perfil melhor do que nosso saudoso e amado André Matos. E ele ajoelhará no palco, tendo a sua frente todos os monstros da história do rock aplaudindo-o enquanto as luzes irão se apagando, com a certeza de que sua missão foi cumprida e seu legado será para sempre.

O convidado especial para o 50 Rock in Heaven, André Matos

E todos eles e outros tantos que não se apresentarão esse ano tem apenas um desejo e um pedido: aproveitem a vida, aproveitem a música e curtam, sem sofrimento, todo o rock do mundo que puderem, pois a cada ano o lineup do Rock in Heaven irá aumentar!!! Vivam o rock sem mimimi!!!!

(*) o lineup desse texto foi baseado numa pesquisa rápida com os membros do grupo Baú do Rock Roadies, de onde vem a inspiração para alimentar a fan page do Baú do Rock. Quer fazer parte disso? https://www.facebook.com/baudorocknet/

A pesquisa retornou 40 nomes, cujo sumário segue abaixo:

NameVotos
Freddie Mercury39
Renato Russo21
Raul Seixas18
Elvis Presley12
Janis Joplin9
Jim Morrison9
Cássia Eller9
David Bowie7
Chester Bennington7
Ronnie James Dio6
Chris Cornell6
Jimmy Hendrix5
Kurt Cobain5
André Matos5
Joey Ramone️4
Bon Scott3
Cazuza3
Chorão3
Randy Rhoads2
George Harrison2
Michael Jackson2
Amy Winehouse2
Malcolm Young2
Sister Rosetta 1
Ronnie Van Zant1
Cliff Burton1
Stevie Ray Vaughan1
Frank Zappa1
Mamonas Assassinas1
Michael Hutchence1
Dimebag Darrell1
Sid Barret1
Joe Cocker1
Scott Weiland1
Lemmy Kilmister1
Prince1
James Brown1
Tom Petty 1
Dolores O’Riordan1
Aretha Franklin1
Baú do Rock

About the Author: Luiz Totti

Avatar