Bruce Dickinson pára show do Iron Maiden por causa de fã que apanhava de segurança

Vocalista ainda sugeriu que o jovem agredido processe a casa de shows e pediu para os fãs que tivessem filmado a agressão ajudassem oferecendo os vídeos como provas

Nesta quinta-feira (5) durante um show do tradicionalismo grupo britânico de Heavy Metal Iron Maden em Tacoma Dome, Washington, o vocalista Bruce Dickinson, completamente indignado, interrompeu a apresentação para dar um belo sermão direcionado a produção do evento após ver que um de seus fãs presentes na plateia apanhou covardemente de 10 seguranças do estabelecimento:

Estamos com um fã do Iron Maiden no backstage que apanhou pra caramba de dez seguranças. Eu vi um desses caras se debruçar sobre a grade para socar um menino da metade do tamanho dele no rosto, quatro vezes. Tinham dez pessoas! Isso não é luta livre, e se fosse ainda teria juiz, sabe, mas não é isso. Tocamos para milhares de pessoas nesta turnê e esta foi a primeira vez que algo assim aconteceu. Não sei se isso é comum (naquela casa de show) ou se foi loucura pura. Espero que o menino esteja recebendo tratamento agora, porque ele estava sangrando de vários machucados na cabeça e espero que ele arranque dinheiro dessa porra de lugar! Se alguém tem algum tipo de filmagem, qualquer coisa, então ficaríamos gratos por ajudar a facilitar que a gente ache esses bullies e criminosos responsáveis. (Violência) não é necessário, não é importante, não é inteligente. É somente bullying, simples assim.

E para finalizar ainda “dedicou” (ironicamente) a próxima música para os seguranças que agrediram o rapaz, dizendo ser uma canção bem apropriada para aquela situação. A música em questão foi “The Evil That Men Do” que em português significa “O Mal que o Homem Faz.”

Veja abaixo o momento do sermão de Bruce Dickinson:

Baú do Rock

About the Author: Tomaz Sussekind

Tomaz Sussekind