Os veteranos do Whitesnake levam o seu Hard Rock ao palco Sunset

Grupo liderado por David Coverdale fez um resumo da sua carreira com Rocks clássicos, flashbacks e até solo de bateria com a mão

Whitesnake no Palco Sunset. Foto: Diego Padilha

Com 68 anos de idade, os agudos de David Coverdade não são mais os mesmos, mas isso não foi problema para o publico que compareceu em massa no Palco Sunset para conferir a banda mais antiga da noite dar uma aula de como se faz um clássico hard rock.

Repertorio bem variado com Classic Rock e Flashbacks romanticos

Em um show que passeou pela longa discografia da banda, os momentos de maior feedback do publico foram marcados pelas baladas Is this Love e Here I Go Again. Do álbum mais recente Flesh & Blood, marcaram presença no set list as canções Hey You (You Make Me Rock) e Trouble Is Your Middle Name. O show terminou com Burn, musica que Coverdale gravou quando participou de outro renomado grupo de Rock, o Deep Purple. Estranhamente, ficou de fora um dos grandes hits da banda, a agitada Give me all your love.

O épico solo de bateria com as mãos

Um dos grandes momentos performáticos do show foi durante o solo de bateria de Tommy Aldridge em determinado momento deixou de lado as baquetas para fazer o solo com as mãos, para delírio do publico. Aldridge já havia feito esse solo com as mãos na primeira edição do Rock in Rio (1985), quando integrava a banda do Ozzy

Whitesnake no Palco Sunset. Foto: Diego Padilha
Whitesnake no Palco Sunset. Foto: Diego Padilha
Whitesnake no Palco Sunset. Foto: Diego Padilha
Baú do Rock

About the Author: Tomaz Sussekind

Tomaz Sussekind