MÚSICAS RETIRADAS DO AR DEVIDO AO 11 DE SETEMBRO

Muitos rocks foram banidos da programação das rádios após ataques

Todo mundo sabe o que estava fazendo exatamente na hora do desabamento do World Trade Center, em Nova York. Foi um dos fatos mais marcantes da nossa geração. A comoção mundial causada pela queda das Torres Gêmeas, há exatos 18 anos, acabou criando uma reação em cadeia, influenciando até a programação musical dos Estados Unidos.

A Clear Channel, maior rede de rádios da América, achou por bem publicar um memorando com uma lista, sugerindo que as músicas não fossem veiculadas nas estações. Apesar de se tratar de sugestão e não proibição, músicas que falavam sobre aviões e morte, por exemplo, ficaram fora de circulação por um bom tempo.

A banda com mais músicas na lista, acreditem ou não foi o AC/DC. Todas as canções listadas falam sobre tiros, chamas, inferno e explosões: “Dirty Deeds Done Dirt Cheap”, “Hells Bells”, “Highway To Hell”, “Safe In New York City”, “Shoot To Thrill”, “Shot Down In Flames” e “T.N.T.”.

Essa fala sobre se sentir seguro em Nova York

Outra que tomou strike foi a canção que fala sobre bater na porta do céu, que também foi evitada pelas rádios após os ataques terroristas de 11 de Setembro. A versão do Guns N’ Roses, ídem.

Em uma vibe parecida, o clássico “Stairway To Heaven”, que fala sobre uma escada para o céu, também foi evitado nas rádios por um bom tempo após os ataques em Nova York.

A lista completa, com as 165 músicas banidas, pode ser vista no link: https://en.wikipedia.org/wiki/Clear_Channel_memorandum

Baú do Rock

About the Author: baudorock

Avatar