Weezer toca pela primeira vez no Rio com um show repleto de covers

Covers bem próximas das versões originais para músicas de A-ha, Black Sabbath, Toto, Turtles e Nirvana, foram os momentos de maior receptividade do publico

Weezer no Palco Mundo. Foto: Divulgação.

Após uma única a passagem pelo Brasil em 2005, quando tocaram somente em Curitiba, finalmente chegou a vez do grupo de Rock-Alternativo-Nerd-Fofo-Indie estrear em solo carioca. Escalado para a primeira noite efetivamente de Rock do festival Rock in Rio, o grupo californiano Weezer trouxe uma pitada de Rock indie para o palco Mundo.

O simpático vocalista Rivers Cuomo se esforçou bastante para criar um elo de empatia com o publico ao proferir frases em português como “Bem-vindos ao nosso show” e “Estamos muito felizes de finalmente tocar aqui“.

Uma grande parte do publico que estava notoriamente ali para ver o Foo Fighters, não tinha muita intimidade com o repertório autoral do Weezer, logo, os momentos de maior interação e explosão foram nos covers de Black Sabbath (Paranoid) e Nirvana (Lithium). Já era algo esperado que alguns covers fizessem parte do set list, pois o grupo lançou um disco inteiro somente com covers de bandas que eles curtem, intitulado Teal Album. As canções Africa do grupo Toto, Take on me do A-ha e Happy Together do Turtles foram as outras covers escolhidas para compor a apresentaçao do Rock in Rio.

Weezer no Palco Mundo. Foto: Divulgação.

A faixa Buddy Holly, um dos principais e primeiros sucessos do Weezer, apareceu em dois momentos distintos, sendo sua versão original como a faixa de abertura do show e em uma versão inusitada a capella com os 4 integrantes dividindo um único microfone, como a penúltima canção da apresentação. Das composições autorais, marcaram presença também no setlist as canções Holliday, Bervely Hills, Hash Pipe, Island in the sun, Say ain’t so

Baú do Rock

About the Author: Tomaz Sussekind

Tomaz Sussekind