S&M2 – Metallica nos cinemas, fomos lá conferir

Em 1999 o Metallica gravava, junto com a Orquestra Sinfônica de San Francisco, o S&M, um álbum ao vivo no teatro de Berkley, na cidade da Califórnia. Para celebrar os 20 anos do álbum, eles reviveram o espetáculo, trazendo o S&M2 para a nova Arena Chase a inauguração que todos gostariam de ter e disponibilzaram o show para mais de 3000 salas de cinema no mundo inteiro. Nós escrevemos sobre isso aqui: http://baudorock.net/2019/09/metallica-e-orquestra-sinfonica-de-sao-francisco-num-cinema-perto-de-voce/

Logo do filme no cinema
Agora também nessa Sexta, dia 11

Pois fui lá conferir e ver o que o show teve de bacana e não me arrependi. Apesar de ser um filme, obviamente, e me sentir assistindo a um DVD numa sala com um telão fiquei absolutamente impressionado com a qualidade da banda e da orquestra, tudo junto e misturado. O S&M2 não decepcionou e a performance do Metallica foi maravilhosa! O Lars, com aquela atitude incrível, fazendo caretas e botando a língua para fora a todo momento; o Trujilo naquele visual de Avatar e fazendo segunda voz para o James (se bem que só eu achei que as vezes que ele foi para o microfone ele não funcionava?), o Kirk trocando de guitarra sem parar e o James con sua voz impecável (até minha amada, que não curte muito Metallica, ficou impressionada com sua voz).

foto do kirk no cinema s&m2
Imagem de Kirk sorrateiramente tirada do cinema

O show começa com a Orquestra tocando The Ecstasy of Gold até que a banda finalmente sobe ao palco. Aí vem uma sucessão de sucessões da fase anos 80 do Metallica, com The call of Ktulu e For Whom the bells Tolls. Ainda na primeira parte do show vieram The Day That Never Comes, The Memory Remains, Confusion, Moth Into Flame, The Outlaw Torn, No Leaf Clover e Halo on Fire. O S&M2, e não confundir com a sigla para Sado & Masoquismo, por que não é mesmo, é puro prazer encanta muito pela linda fusão do clássico com o Metal.

Lars s&m2
Lars, um segundo antes de mostrar a língua

Durante a pausa entre os atos, o Lars veio para o palco falar com a platéia e agradecer ao Metallica club, e pediu para que mostrassem as bandeiras… “temos ali Argentina, México, França, Polônia, BRASILLLL (como eles gostam do Brasil!!!)” e passou a vez para o Diretor da Sinfônica assumir e dar uma palhinha como maestro, levantando assustadoramente o nível da Orquestra com uma música clássica. Nesse momento, o S&M2 virou só S mesmo!

james s&m2
A minha voz continua a mesma!!!!

Na volta do break o show ficou ainda melhor, e a primeira performance foi invertida, ou seja, a banda acompanhando a orquestra num som de arrepiar, seguido de The Unforgiven III com James cantando sozinho com a Orquestra, sem a guitarra… pensa num cara que não sabia o que fazer com as mãos! Ficou bem engraçado. Depois de All Within My Hands, que fizeram em acústico, veio o momento mais emocionante do show, na minha opinião:  Scott Pingel, o principal solista de baixo da Orquestra veio para executar (Anesthesia) Pulling Teeth, num cover de cello dedicado a Cliff Burton, momento em que os ninjas cortadores de cinema com certeza invadiram a arena e as salas de cinema. Esse momento valeu muito a pena. Depois disso, vieram Wherever I May Roam, One, Master of Puppets, Nothing Else Matters e, para encerrar, Enter Sandman! Aqui terminou o S&M2 de maneira grandiosa.

roberto s&m2
Trujilo é um show à parte de simpatia e interação com o público

Não é, obviamente, como estar em um show ao vivo, mas diante da característica desse show, de ser único e não rodar o mundo em Tour, é uma oportunidade sensacional. E. Para quem perdeu, a banda colocou uma exibição extra para essa Sexta Feira, dia 11 de Outubro… chequem se há um cinema perto de vocês aqui: https://www.metallica.film/?utm_campaign=6753729009&adgroupid=79774200896&utm_content=388712996785&utm_term=metallica%20movie&campaign=Metallica_DMS_GoogleSearch&gclid=EAIaIQobChMIzrXvwbmS5QIVSh6tBh1CIAoAEAAYASAAEgLFfvD_BwE

eu s&m2
Como eu não queria ser reconhecido, fui ao cinema de forma discreta para poder tirar umas fotos escondido

E aí, quem mais foi no cinema? O que vocês acharam?

a banda no palco s&m2
Baú do Rock

About the Author: Luiz Totti

Avatar