As 5 esposas do Rei George Rogério das Águas.

Roger Water e Kamilah Chavis

Para quem não gosta de ler, Roger Water se casou pela quinta vez, com Kamilah Chavis no dia 13/10/2021. Para quem gosta de ler, sirvam-se:

A primeira lhe chegou como quem vem do berçário, desde criancinhas brincando de médico na Londres ainda destruída pelos bombardeiros alemães. Judith, uma artesã que fabricava potes de cerâmica, ele um “aitesão” que quebrava corações alheios, que se apaixonaram ainda crianças. Mas Rogérião só conseguiu comprar uma casa velha, um palacete assobradado depois que “More” foi lançado. E, assim, os pombinhos se casaram em 1969 em uma capelinha simples da bucólica Londres. E viveram felizes para sempre, também conhecido como 1975. Como ela vivia com as mãos nos potes e ele sempre com as mãos no baixo, não fizeram muito nheco-nheco e, por isso, não tiveram filhos.

A segunda lhe chegou como quem chega do bar, quer dizer, do Barão de Zetland, de quem era neta. Carolyne, amante do rock, primeiro casou-se com o manager do Grateful Dead, mas se encantou com aquela baixaria do Rogérião e a ele se entregou. Desse amor eterno nasceu a canção “Pigs on the Wing”, uma homenagem do homem das águas à sua Pepa e dois filhos: o Príncipe Henry e a Princesa India. E viveram felizes para sempre que, nesse caso, se chamava 1992, quando este que vos escreve completava 5 aninhos.

A terceira lhe chegou como quem vem de Holywood, toda linda e perfumada, e arrebatou o coração do rockeiro sedutor. Pricila, que não era Philco e nem Panasonic, mas Philips, era uma atriz que encontrou entre um show aqui e um protesto ali nas andanças pelas terras do Tio Sam. Eternamente enamorados, geraram para o nosso Planeta que, apesar do nome, não é plano, o Príncipe Jack, não aquele do Tennessee, que fique claro. E foram felizes para sempre, mais conhecido como 2001, já no século 21.

Já a quarta lhe chegou como quem quebra o barraco, jogou cocô no ventilador, arrombou seu cadeado. Laurie, uma produtora de cinema, era 20 anos mais nova e com Rei George Rogério namorou por 10 anos antes de se casarem em 2012. E viveram felizes para sempre, mas o sempre os separou em 2015. não sem antes dela chamá-lo de a**-hole (coisa que o Glimour deve concordar, só falando!).

Durante a entressafra, Rei George ainda teve tempo de se apaixonar pela Rula (é com “U” mesmo, seus mente-sujas), uma jornalista palestina chamada Rula, mas o para sempre aqui foi bem efêmero.

E a quinta lhe chegou como quem chega chegando, trouxe tudo o que é encanto, arrebatou seu coração. Deu um toque de elegância, diversão e diversidade ao jovem de 78 anos de idade. Kamilah “Sigam-me-os-bons” Chavis era a motorista do Rei George em alguns de seus shows e ele ficou caidinho (ou levantadão, vai saber) até o momento em que ele falou “alguém já te disse que as maçãs do seu rosto são lindas”? Aquela cantada bem anos 60 mesmo, pura sedução. Os pombinhos se casaram em NY e dizem que Rogérião cantou para ela em alto e bom tom: “Kamilah raaa, Kamilaaaaaaah, Kamilaaaaah”, mas como nenhum de nós estávamos lpara ver e fica bem difícil de acreditar. O bom velhinho garantiu, no último dia 13 de Outubro que azul é a cor do amor e que agora, definitivamente, viverá feliz para sempre.

E, com essas, O Rogérião das Águas enche a mão (seus besteirento, 5 esposas: quantos dedos há em um mamão?) e diz que já encomendou ao amigo Rick Wakeman um disco especial chamado “As 5 esposas do Rei George Rogério das Águas no Centro da Terra”.

Leia mais sobre Roger Waters:

Roger Waters (também conhecido como Rogérião da Massa, ou Tio Rogério da… (baudorock.net)

Roger Waters fará dois shows em São Paulo, segundo jornal – Baú do Rock (baudorock.net)

Phil Collins e Roger Waters também farão shows em 2018 no Maracanã – Baú do Rock (baudorock.net)

Eddie Vedder canta em show do Roger Waters em Chicago – Baú do Rock (baudorock.net)

 

Baú do Rock

About the Author: baudorock

%d blogueiros gostam disto: